bio / contato

Desde 1992, Flavio Samelo anda pelas ruas de São Paulo fotografando skatistas. Alguns deles eram também grafiteiros e outros pichadores que acabavam convidando Samelo, como é conhecido, para fotografar os grafites e os pixos também pelas ruas da cidade. Esse foi o começo de muita coisa para o fotógrafo que acabou entrando para a arte pelas ruas, assim como entrou na fotografia. Essa outra produção acabou levando Samelo a introduzir em suas fotografias de skate, os grafites, pichações e outros elementos urbanos que lhe chamavam a atenção nas sessions de skate e que foi seu diferencial durante o começo de suas fotografias.

Depois de se formar Comunicólogo e trabalhar como Diretor de Arte, Fotógrafo, Redator, Ilustrador para revistas de skate brasileiras e internacionais, além de colaborar com revistas de outros assuntos como Revista da MTV, Folha de São Paulo, Rolling Stone, Adbusters, desde 1995. Em 2006 lançou um modelo de tênis assinado, pela NIKE SB no Brasil, o qual se tornou item de colecionador em todo o mundo. Logo após, Samelo decidiu voltar aos estudos de arte e cursou pós graduação em História da Arte, onde descobriu, entre muitas outras referências, os artistas concretos e neoconcretos brasileiros da década de 50, influenciando definitivamente suas pesquisas e estudos sobre fotografia, formas e cores.

Foi um novo começo para uma nova produção. A partir de então os trabalhos começaram a ter cada vez mais uma busca de um resultado plástico e gráfico que unisse as fotografias urbanas com a teoria e a pesquisa visual sobre a arte abstrata concreta que tanto o agradou, e artistas como Geraldo de Barros, German Lorca, Thomaz Farkas, Hélio Oiticica, Lygia Clark e tantos outros dessa época se tornaram referência de suas pesquisas.

Hoje, a produção de Samelo tem duas pontas: a produção fotográfica onde todas as fotos tem tiragem única, tornando-as originais indiscutíveis e assim como suas pinturas e painéis, vem buscando uma nova maneira de misturar a fotografia com a pintura concreta que vêm produzindo, usando fotografias como base das pinturas e transcendendo os limites da fotografia usando formas, cores e linhas dando uma nova realidade gráfica as suas fotografias. Esses trabalhos já foram expostos em leilões, museus e galerias em todo o Brasil e no exterior. Também participou da 5ª Bienal Vento Sul, em Curitiba em 2009, com uma sala específica para sua obra.

Atualmente também produz uma série de trabalhos comerciais e de consultoria criativa para grandes multinacionais como Samsung, Facebook, JEEP entre tantos outros. Também é Diretor de Conteúdo Proprietário da Vista Art, canal de mídia e impresso focado no mercado de skate e arte. Também é bem conhecido como fotógrafo/apresentador do programa Pela Rua, que vai ao ar pelo Canal Off, canal a cabo brasileiro produzido pela Globosat desde 2010.